Archive for the ‘Dilma’ Category

INSATISFEITO COM 84% DE APROVAÇÃO, LULA MIRA PÚBLICO INFANTIL

19 de Abril de 2009

LULA/BRINCADEIRA

POPULISMO
Afaste um presidente do povo e as pesquisas de opinião naturalmente se tornarão os porta-vozes das urnas. Ao observador ingênuo pareceria que tanto mais querido é um líder eleito quanto melhor é a avaliação de seu governo; existe, porém, uma particularidade latino-americana tornando essa identidade um pouco mais complexa: a relação de afeto frequentemente verificada entre eleito e eleitores. É essa conexão, afirma Eduardo Pereira Nunes, presidente do IBOPE, que “torna os índices de aprovação pessoal do presidente e de seu governo estranhamente descolados”. Em março último, por exemplo, 84% aprovavam Lula “da Silva” enquanto apenas 13% avalizavam a sua gestão.

O que seria motivo de comemoração para qualquer outro dignitário decepcionou o presidente brasileiro. Segundo funcionários do Palácio do Planalto, Marco Aurélio Garcia, assessor especial, teria convencido o presidente de que os 16% restantes eram “ou leitores de VEJA ou fedelhos, grupos especialmente resistentes à mudança de opinião”. A partir daí voltou-se para as crianças o caro arsenal de relações públicas do Palácio do Planalto.

PROGRAMAS
A Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República anunciou o lançamento de uma série de campanhas destinadas a educar o público infantil acerca das atribuições do presidente, da divisão dos três poderes e das esferas estaduais e municipais do poder executivo. No centro do esforço midiático esta um desenho animado produzido por Maurício de Souza: “Turma do Lulinha” seguirá o modelo dos desenhos animados americanos e japoneses exibidos em programas matinais como Show da Xuxa e Parque da Eliana. Segundo o desenhista, a escolha dos personagens foi feita pelo próprio presidente, que selecionou Dona Marisa Letícia, Dilma “Vana” Roussef e Gilmar Mendes como seus amigos e Protógenes Queiroz e Fernando Henrique Cardoso como antagonistas “valentões”. As historíolas terão lugar na fictícia cidade ABClândia, onde os personagens levarão uma vida simples e despreocupada, sendo apenas ocasionalmente perturbados pela imprensa e pelos habitantes da rica cidade vizinha, todos brancos de olhos azuis.

Sob a superfície midiática operam as engrenagens da burocracia: o mesmo decreto que determinou o início do programa reservou vinte minutos na grade matinal das TVs abertas para a exibição da “Gincana com o Presidente”, no qual “da Silva”, auxiliado pelas meninas Maysa e Sasha, conversará e fará brincadeiras com uma platéia de crianças. Segundo Reinhold Stephans (AA, Acre), ministro da agricultura, notório alcoólatra e coordenador da “Turma do Lulinha”, “pretendemos estabelecer uma conexão sincera com a criançada. O presidente revelará dicas de como receber o Bolsa Escola por mais tempo e compartilhará experiências interessantes, como por exemplo a melhor ocasião para se tomar o primeiro goró”

SANGUE
Tais medidas iniciaram grita quase imediata na oposição, que detectou no programa “Turma do Lulinha” o início da campanha Lula2014. “É um absurdo completo essa situação! Como se não bastasse cooptar jornalistas, empresariado e a oposição, Luis Inácio quer também o sangue dos meus filhos. Tenha santa paciência!” proclamou o deputado federal satanista Antônio Carlos Magalhães Neto (DEM, BA).